• Coerência entre o discurso e as ações praticadas;
• Integridade nas relações internas e externas;
• Transparência e ética nas relações com seus associados, entidades de classe, clientes e fornecedores;
• Representar com responsabilidade os associados na garantia do seus direitos.